quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Ser um homem feminino não tem nada demais

Quanto eu comecei a pensar em escrever o blog, fui inspirada pela música Masculino e Feminino (1983) do casal Pepeu Gomes e Baby do Brasil (um casal hétero, por sinal) para dar título ao blog. Para quem não conhece:

Olhei tudo que aprendi
E um belo dia eu vi
Que ser um homem feminino
Não fere o meu lado masculino
Se Deus é menina e menino
Sou Masculino e Feminino

Pelo que pesquisei, a inspiração para a letra surgiu por que, na época, o Pepeu cuidava das duas filhas novinhas e dos afazeres da casa enquanto a Baby estava envolvida com o trabalho e, se tratando do Brasil de mais de 30 anos atrás, era uma situação absurda. No fim a música foi um sucesso e acabou se tornando um hino de libertação pois a sua letra simples e lúdica questiona o que a nossa cultura machista tenta nos impor diariamente.

Desde que a música foi lançada dá pra dizer que alguma coisa mudou na nossa cultura, mas ser um homem feminino ainda é um grande tabu. E quando digo homem feminino me refiro a qualquer desvio do cisgênero padrão.
E eu pergunto: qual é o problema de ser um homem feminino?

Para alguns isso parece uma afronta por tratar de rebaixar um homem ao nível de uma mulher, uma visão ridícula que menospreza o sexo feminino. Para uns egoístas parece que fazemos isso exclusivamente para tentar enganá-los, como se fosse algum mérito conquistar um macho. Para outros isso vai contra a natureza do ser humano, eles só não percebem que a nossa racionalidade nos abriu as portas para muito além de nascer, crescer, procriar e morrer, ou será que bater ponto e prover dinheiro para a família sempre fez parte da natureza do homem?

Pessoalmente não consigo enxergar nenhum problema. Vivo seguindo as leis da nossa sociedade, meu caráter é respeitado pelas pessoas a minha volta, não ofendo ninguém com o que faço e, de quebra, contribuo muito com a economia (já pensaram o quanto não movimentamos no mercado da moda e da beleza?). Talvez por isso hoje eu consigo vivenciar esse meu lado feminino sem nenhum sentimento de culpa.

Então se você tem esse lado feminino dentro de você, ou qualquer lado "fora do normal", não se sinta pressionado a ser alguém diferente. As nossas liberdades individuais precisam ser asseguradas e estar bem consigo mesmo deve vir antes de qualquer coisa, sem contar que julgamento alheio não leva nada a lugar nenhum.

Essa semana o blog O Homem Feminino completou 2 anos de vida e eu me sinto muito feliz em saber que todo dia aparecem mais e mais pessoas que compartilham esse estilo de vida. Espero continuar atendendo as expectativas de quem vem me visitar e sonho com o dia que poderemos nos expressar sem nenhum tipo de preocupação =)

Segue uma fotinha do meu ultimo ensaio

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Sapatos grandes, numeração especial, onde comprar?

Quem acompanha o blog já deve ter me visto comentando sobre a dificuldade que é querer usar um belo par de saltos enquanto se calça 42, não é verdade?

Eu tenho esse problema há 13 anos e lembro que o meu primeiro salto foi uma sandália de tiras cor de rosa três números menor que o meu... prefiro não comentar o desastre, até fiquei com trauma pelas sandálias por muito tempo (agora sou apaixonada por elas xD), mas na época eu sabia apenas de uma loja que tinha a minha numeração e era um padrão muito caro para o meu bolso.

Mesmo hoje em dia eu acho que existe pouca variedade e é muito caro quando se compara com as opções das meninas que calçam menos que 39, entretanto acabei encontrando algumas lojas que me deram bons produtos e posso até afirmar que tenho opções, então gostaria de compartilhar com vocês a minha experiência!!

Segue um pouco da minha pequena coleção e descubram de onde meus queridinhos vieram:

Sapato Show
https://www.sapatoshow.com.br/
Comprei essas duas belezinhas nesse site aqui do Paraná. Achei a forma pequena, pra mim foi necessário pegar um número maior que o de costume.  No geral o preço é bom para essa numeração, tem opções de sapatos a pronta entrega (opções mais em conta) e opções personalizadas.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

HQ - Boneca da Raan (27)

História em quadrinhos traduzida de KannelArt
Outros sites do artista:   Patreon  /  DeviantArt  /  Picarto TV

Primeiro capítulo
<< Capítulo anterior


quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Intersexo, uma realidade ignorada

Um dos grandes argumentos que eu ouço de quem é contra esses estudos e questionamentos a respeito de identidade de gênero é que o ser humano é naturalmente binário sendo exclusivamente homem/mulher, XX/XY, macho/fêmea. No entanto, isso está longe de ser uma verdade absoluta pois tanto no ser humano quanto na natureza existem diversos exemplos de indivíduos que nascem com anatomia que não se encaixa na definição típica de macho/fêmea, isso se chama intersexualidade.
Algumas variações são apenas físicas, uma pessoa pode nascer com uma aparência exterior feminina mas com anatomia interior predominantemente masculina, uma moça pode nascer com um clitóris visivelmente grande ou com ausência de abertura vaginal ou então um rapaz pode nascer com um pênis anormalmente pequeno ou com um escroto dividido e com formato mais semelhante a lábios vaginais.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

HQ - Boneca da Raan (26)

História em quadrinhos traduzida de KannelArt
Outros sites do artista:   Patreon  /  DeviantArt  /  Picarto TV

Primeiro capítulo
<< Capítulo anterior
>> Próximo capítulo

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Como esconder o pênis / Como fazer tucking

Nascer com um aparelho sexual masculino ainda faz muita diferença na nossa vida e querer escondê-lo pode parecer uma afronta a masculinidade mas esse pequeno ato tem um grande simbolismo para quem pratica.

Esconder o pênis também inclui esconder os testículos e a maneira mais confortável é acomodar eles no canal inguinal. Eles sobem naturalmente por este canal quando está frio ou durante relações sexuais, no tucking você vai forçar isso com uma mão então precisa ser bem delicada. No início pode parecer incomodo, mas logo acostuma.

Encontrei sugestões para fazer isso enquanto estiver deitada de costas ou sentada num vaso sanitário com as pernas juntas, eu faço de pé enquanto estou colocando a calcinha. Para as iniciantes uma dica é o contato com a água fria antes de começar.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Look do dia (08) - Outono delicado

No ultimo feriado eu e a esposa pegamos uma noite em uma pousada aqui perto de Curitiba e eu aproveitei para curtir o friozinho en femme!
Composição do look:
- Blusa de lã: encontrei essa blusa na Havan e achei ela bem delicada;
- Regata com bojo: como a blusa é furadinha optei por colocar uma regata preta com bojo da Renner por baixo;
- Saia: ela tem o mesmo tecido da regata e praticamente se fundiu com ela, parecendo quase um vestido por baixo! Encontrei ela na Marisa;
- Jaqueta: adoro usar jaquetas como acessório fashion e também comprei esse na Havan;
- Meia-fina: não acho fácil de encontrar essas meias de alto brilho aqui no Brasil, então importei ela da China pelo site lightinthebox.com e paguei até mais barato do que comprando por aqui;
- Sapatilha: essa eu comprei numa loja física aqui em Curitiba chamada Antonia Rocha Calçados (no bairro Santa Felicidade). Experimentei diversos sapatos na loja e saí com 3 caixas na mão, uma delas era essa sapatiha nude e esse foi o meu primeiro passeio com ela!;
- Esmalte: essa semana eu estava com a cor Veneza (cremoso) da marca Anita.

O look ficou sério e delicado e as peças foram baratinhas nessas lojas de departamento. Sei que podemos obter looks femininos sem precisar exagerar na sensualidade e gosto de apresentar ideias aqui como sugestão ♥

Segue outras fotinhas na pousada!