quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

O crossdressing me dá satisfação: me faz completo

Bom dia meninas!!

Vocês devem ter notado que o blog anda pouco movimentado ultimamente e eu sinto muito por isso! Estive passando por mudanças significativas na minha vida e acabei num vácuo de criatividade (somado a um pouco de desânimo), então o blog ficou de lado... Apesar disso em momento algum eu me afastei do meu lado feminino, até tenho vivido ele com mais frequência e com mais liberdade (me acompanhe pelo Instagram)!

Tenho me questionado sobre o que será postado aqui no blog de agora em diante e gostaria da colaboração de vocês a respeito de temas e problemas do nosso cotidiano en femme! Se tiver uma sugestão fique a vontade para comentar aqui ou me enviar uma mensagem privada pelo formulário aqui do lado =)

Enquanto isso eu gostaria de mostrar um artigo interessante que eu encontrei em um site gringo! Ele fala sobre o grande espectro que envolve o crossdressing e cita alguns motivos por que as pessoas se travestem e, mesmo sendo de outro país, é muito similar ao que eu ouço das meninas por aqui. Confiram!!
Traduzido de En Femme Style

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Na dúvida da transição: o que é ser mulher?

Feliz ano novo, meninas! (sim, um pouco atrasado, mas estou por aqui)
Quero começar esse ano com um texto especial, espero que gostem ♥

Muitas pessoas me questionam à respeito de uma possível transição ou esperam que eu passe a viver exclusivamente como mulher. Sei que isso é a vontade de muitas dessas pessoas e entendo um pouco o sentimento, no entanto tem uma questão que me deixa com dúvidas: o que exatamente é ser mulher? Como faz para se tornar uma mulher? Ou, o que é ser mulher hoje em dia e na nossa sociedade?

Os seios não fazem de você uma mulher, nem um útero ou mesmo uma vagina. Pergunte a qualquer mulher em qualquer lugar o que faz dela uma mulher e provavelmente ela não se limitará apenas à anatomia, ao invés disso ela poderá indicar o seu coração, sua alma, o amor de mãe, a sua devoção, a sua a força, enfim, parece um sentimento único.

Ser mulher num contexto social já foi sinônimo de ser um objeto bonito e delicado, quase uma peça de decoração, que podia ser entregue pelo pai junto com um dote (pra compensar o transtorno) para um noivo e que serviria para gerar a prole desse homem além de ser vitrine do sucesso dele. Essa realidade não está muito distante da nossa, há algumas décadas atrás era o padrão da nossa sociedade e em alguns locais mais conservadores isso ainda é a realidade de mulheres em pleno século XXI.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

HQ - Boneca da Raan (39)

História em quadrinhos traduzida de KannelArt
Outros sites do artista:   Patreon  /  DeviantArt  /  Picarto TV

Primeiro capítulo
<< Capítulo anterior

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Crossdressing durante a Segunda Guerra Mundial

Recentemente uma amiga me me indicou a matéria Pesquisador alemão descobre centenas de imagens de 'nazistas crossdressers' do jornal O Globo e achei muito interessante, ainda mais pois no meu post Uma História Secreta de Cross-Dressers (exposição) aparecem várias situações similares então eu resolvi escavar um pouco mais e encontrei esse artigo de um site alemão com mais informações e muitas fotos.

Fonte: Wehrmacht em roupas femininas

Soldados alemães sempre foram vistos como viris, rígidos e duros como prego, no entanto centenas de fotos privadas dão uma visão completamente diferente e enigmática. O artista Martin Dammann apresenta: Crossdressing durante a Segunda Guerra Mundial

Na coleção aparecem soldados das forças armadas da Alemanha (Wehrmacht) dando abraço em camaradas usando roupas femininas, experimentando lingerie ou usando saia e sutiã na frente do emblema da suástica. Hitler começou sua campanha de conquista com esses mesmos soldados e exigiu virilidade em cada operação. Vale lembrar que se trata do exército de um regime que perseguiu impiedosamente, puniu e assassinou homossexuais.

"Provavelmente nenhum exército do mundo foi tão obcecado com a nocividade dos relacionamentos homossexuais masculinos quanto a Wehrmacht no Terceiro Reich", disse o historiador militar de Munique, Franz Seidler, em 1977. Quanto mais avançava a Segunda Guerra Mundial, mais energicamente os comandantes do Exército exigiam intervenção em casos que pareciam "especialmente adequados" para "minar a moral e a disciplina masculina das tropas". A homossexualidade na Wehrmacht foi punida com prisão ou mesmo com execução.

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Peito pequeno, sim, e daí?

Quem disse que é preciso ter seios enormes para ser bonita? E quem disse que precisa ter peito para se "passar por mulher"? Se você acompanha as minhas postagens há um certo tempo deve ter reparado que eu tenho dispensado o uso de bojos ou modeladores de seios. Apesar de já ter feito post sobre como escolher sutiã, como simular seios femininos e sobre modeladores corporais eu tenho surfado na onda do corpo natural e deixado ainda mais de lado a passabilidade, mesmo por que se nem toda mulher cis tem seios volumosos por que eu precisaria?
Os argumentos para se ter um busto avantajado são diversos. Primeiro por que não há dúvidas que as curvas chamam atenção, tanto que a sociedade valoriza um biotipo mais exuberante à la Kim Kardashian. Soma-se com o entendimento generalizado de que homens preferem mulheres com seios grandes (não me incluo nessa lista). Então não é a toa que muitas mulheres se sentem inseguras pela falta da comissão de frente e acabam gastando com cirurgias plásticas para tentar melhorar a autoestima.

No mundo cross e trans a realidade não é muito diferente. Muitas meninas se submetem a tratamento hormonal, investem em implantes de silicone (muitas vezes clandestinos e inseguros) ou busto/mamas de silicone externo para atender os critérios inalcançáveis da passabilidade. Também existe quem o faça para atender os desejos pessoais, mas a maioria busca ser vista como uma mulher plena pois parece que só assim é possível conquistar um pouco de respeito na nossa sociedade.

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

HQ - Boneca da Raan (38)

História em quadrinhos traduzida de KannelArt
Outros sites do artista:   Patreon  /  DeviantArt  /  Picarto TV

Primeiro capítulo
<< Capítulo anterior
>> Próximo Capítulo

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Ensaio artístico em Quatro Barras

Finalmente pude tirar um tempinho para descansar e aproveitar o tempo livre para posar e tirar umas fotos! Estive com a Lou (sim, ex-esposa) numa espécie de lua de mel ao contrário curtindo um tempinho juntas e aproveitei a boa vontade dela para fazer mais um ensaio (espero que não seja o último). Pra variar nós estivemos em uma chácara e, dessa vez, foi aqui pertinho em Quatro Barras.

Pra começar eu montei um look bem moça fina com esse shortinho rosa e body da C&A! A meia calça deu uma corzinha nas pernas e o saltão da loja SapatoShow ganhou notoriedade junto com as pernocas.