quarta-feira, 24 de abril de 2019

Ensaio urbano em São Paulo e uns passeios aleatórios

Vim trazer para vocês mais um ensaio meu explorando as nuances e as oportunidades do crossdressing (me sentindo a blogueirinha fashion)! Recentemente eu estava viajando por São Paulo e aproveitei para passear e curtir um pouco de Samy. Por acaso foi a minha primeira viagem sozinha, mas não deixei de registrar uns momentos e uns looks nesse cenário urbano.

A maioria das fotos eu fiz sozinha, então foi meio complicado cuidar da produção, maquiagem, local e fotografia por conta própria, porém o resultado até que me agradou, espero que agrade a vocês também!


Fazia tempos que eu babava nessa legging da Sorte Store e encontrei uma delas no Stúdio Metrópole, onde eu aproveitei para fazer uma aulinha de pole dance sem precisar parar meus treinos.
Montei então esse look balada com um um body da C&A e meu saltão branco!

quarta-feira, 20 de março de 2019

Drag Queens, as rainhas do crossdressing

Hoje em dia quando se fala em Drag Queen logo vem à nossa mente uma imagem fantasiosa de glamour e brilho. Tal percepção é provável que tenha relação direta com o reality show RuPaul's Drag Race que foi ao ar em 2009 e transformou a cultura underground em algo pop, mas essa arte é muito mais antiga e teve seus altos e baixos ao longo dos últimos séculos.
Cheguei a escrever um pouquinho sobre as Drags no post Crossdressing / Crossdresser / CDzinha pois essa arte de transformação nada mais é do que uma vertente do crossdressing que está intimamente ligada às artes performáticas. Nesse post vou me aprofundar na história dessas rainhas.

O início de tudo pode-se dizer que foi o teatro grego. O próprio teatro nasceu na Grécia Antiga (século VI a.C.) e, na época, somente homens podiam interpretar, então os personagens femininos eram vividos por atores homens com máscaras femininas, vale lembrar que as roupas ainda não distinguiam os gêneros direito. A situação se manteve assim por mais de 2 milênios, tanto que as peças de Shakespeare (século XVII d.C.) ainda eram interpretadas exclusivamente por homens.
Pintura: Hamlet recebendo os atores (1875) por Władysław Czachórski

quarta-feira, 6 de março de 2019

HQ - Boneca da Raan (40)

História em quadrinhos traduzida de KannelArt
Outros sites do artista:   Patreon  /  DeviantArt  /  Picarto TV

Primeiro capítulo
<< Capítulo anterior


quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

7 Formatos de unhas para causar

Estive reparando aqui no blog e notei que já faz mais de dois anos desde que eu comecei a manter as minhas unhas feitas e pintadas!!! Desde então eu soube de diversas meninas que também tem mantido as unhas pintadas, outras que aderiram às unhas postiças ou mesmo apenas as unhas feitas para quem não quer expor o lado feminino.

Recentemente até achei interessante uma companheira de pole dance elogiar as minhas unhas e comentar toda animada que o namorado dela começou a pintar as unhas de preto ♥

As mãos e as unhas dizem muito sobre você e são o seu cartão de visita. Sabia que o formato de unha que você usa pode expressar diferentes atitudes e sentimentos? As diversas formas impactam no visual da mão de diferentes maneiras. Assim, quando a forma e o comprimento se adaptam às dimensões do dedo o conjunto fica muito mais bonito!

Tenho um post falando sobre a feminização das mãos, confiram agora alguns formatos de unhas para explorar e achar o que mais te agrada!

Amendoada: pontudinhas mas finalizadas com um efeito arredondado.

É um dos meus favoritos, tanto que a mão da esquerda é minha e a unha não é postiça! O visual é moderno, a unha precisa estar longa para dar o efeito e o resultado alonga os dedos.

Recomendado: dedos longos ou curtos, mas com unhas estreitas e longas;
Combina com: cores lisas, brilhantes e metálicas.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

O crossdressing me dá satisfação: me faz completo

Bom dia meninas!!

Vocês devem ter notado que o blog anda pouco movimentado ultimamente e eu sinto muito por isso! Estive passando por mudanças significativas na minha vida e acabei num vácuo de criatividade (somado a um pouco de desânimo), então o blog ficou de lado... Apesar disso em momento algum eu me afastei do meu lado feminino, até tenho vivido ele com mais frequência e com mais liberdade (me acompanhe pelo Instagram)!

Tenho me questionado sobre o que será postado aqui no blog de agora em diante e gostaria da colaboração de vocês a respeito de temas e problemas do nosso cotidiano en femme! Se tiver uma sugestão fique a vontade para comentar aqui ou me enviar uma mensagem privada pelo formulário aqui do lado =)

Enquanto isso eu gostaria de mostrar um artigo interessante que eu encontrei em um site gringo! Ele fala sobre o grande espectro que envolve o crossdressing e cita alguns motivos por que as pessoas se travestem e, mesmo sendo de outro país, é muito similar ao que eu ouço das meninas por aqui. Confiram!!
Traduzido de En Femme Style

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Na dúvida da transição: o que é ser mulher?

Feliz ano novo, meninas! (sim, um pouco atrasado, mas estou por aqui)
Quero começar esse ano com um texto especial, espero que gostem ♥

Muitas pessoas me questionam à respeito de uma possível transição ou esperam que eu passe a viver exclusivamente como mulher. Sei que isso é a vontade de muitas dessas pessoas e entendo um pouco o sentimento, no entanto tem uma questão que me deixa com dúvidas: o que exatamente é ser mulher? Como faz para se tornar uma mulher? Ou, o que é ser mulher hoje em dia e na nossa sociedade?

Os seios não fazem de você uma mulher, nem um útero ou mesmo uma vagina. Pergunte a qualquer mulher em qualquer lugar o que faz dela uma mulher e provavelmente ela não se limitará apenas à anatomia, ao invés disso ela poderá indicar o seu coração, sua alma, o amor de mãe, a sua devoção, a sua a força, enfim, parece um sentimento único.

Ser mulher num contexto social já foi sinônimo de ser um objeto bonito e delicado, quase uma peça de decoração, que podia ser entregue pelo pai junto com um dote (pra compensar o transtorno) para um noivo e que serviria para gerar a prole desse homem além de ser vitrine do sucesso dele. Essa realidade não está muito distante da nossa, há algumas décadas atrás era o padrão da nossa sociedade e em alguns locais mais conservadores isso ainda é a realidade de mulheres em pleno século XXI.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

HQ - Boneca da Raan (39)

História em quadrinhos traduzida de KannelArt
Outros sites do artista:   Patreon  /  DeviantArt  /  Picarto TV

Primeiro capítulo
<< Capítulo anterior
>> Próximo Capítulo