quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Homem que curte crossdresser é gay?

Tenho visto esse tipo de questionamento brotando pela internet e fiquei inquieta! E aí, homem que sai com crossdresser (ou travesti, transgênero, transexual, queer... enfim) é considerado heterossexual ou homossexual??
Já encontrei vários homens por aí dizendo que se ela for passável como uma mulher ele não pode ser considerado homossexual, mas será isso mesmo??

Vamos lá, o conceito de orientação sexual, que cada dia que passa eu sinto que não serve para nada, classifica as pessoas com base nos gêneros que elas se sentem atraída, seja física, romântica e/ou emocionalmente. Elas podem ser classificadas como: assexual (nenhum ou raros momentos de atração sexual), bissexual (atração por mais de um gênero), heterossexual (atração pelo gênero oposto), homossexual (atração pelo mesmo gênero) ou pansexual (atração por qualquer gênero).

Essa definição eu retirei da Wikipédia e podemos observar que ela depende exclusivamente do gênero das pessoas envolvidas, aí que entra o grande problema dessa questão.

Gênero é um conceito mais social do que biológico e varia de local para local. Aqui no Brasil a temática envolvendo gênero aos poucos vem ganhando atenção e aparecendo em diversas mídias, o que tem gerado discussões acaloradas na população. Atualmente a nossa legislação ignora a população trans e, por exemplo, os pedidos para troca de nome ou de sexo nos registros públicos são pleiteados por meio do Judiciário onde alguns juízes permitem a mudança com fundamento nos princípios da intimidade e privacidade enquanto outras decisões negam o pedido estritamente por critério biológico (como será que funciona no caso dos intersexo?).

Eu não posso fazer afirmações sobre o futuro da nossa legislação ou do nosso entendimento como sociedade, mas se o conceito de gênero no Brasil ficar exclusivamente atrelado ao sexo biológico ou à dogmas religiosos, seria lógico responder a pergunta do título assim:
Homem que curte crossdresser é gay?
Sim, se a sociedade que ele vive enxerga crossdressers e travestis como homens fantasiados de mulher, por definição esse rapaz é classificado como bissexual ou homossexual. Simples assim.

Não que ser gay seja algo ruim, longe disso, só quer dizer que a pessoa se sente atraída física, romântica e/ou emocionalmente por alguém do mesmo gênero que ela e, o mais importante, isso é relevante apenas para essa pessoa e seu(s) respectivo(s) parceiro(s).

Agora se você é homem, curte admirar uma trans e não se sente bem sendo classificado como bissexual ou homossexual, tente ter um pouco de empatia e pense como a trans que você admira se sente ao saber que sociedade em volta dela a enxerga apenas como um homem fantasiado de mulher. Será que é mais importante discutir se você é gay ou se ela pode ser vista como uma mulher?
0 Comentário(s)
Comentário(s)

Nenhum comentário: