terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Gabriel(a) (04) - A preparação

Primeiro capítulo
<< Capítulo anterior
>> Próximo capítulo


Gabriel tinha acabado de sair do trabalho e resolveu se dar ao luxo de parar em uma cafeteria e tomar um cappuccino, sua poção para manter-se acordado até tarde, uma vez que essa noite teria uma festa organizada por Matheus.

Matheus era o cara mais festeiro do trabalho e, normalmente, era ele quem arrastava o pessoal da Atyra para fora da toca. Suas festas são conhecidas por durarem até o amanhecer, pelas bebidas variadas e pela quantidade de gente bonita.

A cafeteria escolhida por Gabriel era pequena, tinha uns 3 pares de mesas circulares, uma bancada com uma grande maquina de café, uma estufa com salgados assados no ponto certo e uma barista muito simpática chamada Tysha, velha conhecida de Gabriel que ao ver entrando na loja já solta:

Tysha: Olha só quem veio me visitar! Achei que tinha desistido desse lugar depois de você e a...

Gabriel: Tinha nada, sempre adorei esse lugar e já era cliente antes mesmo de você entrar!

Tysha: Isso eu sei, se não eu poderia nem estar por aqui.

Gabriel: Mas você está aqui e está mandando muito bem, por sinal. E como vão as coisas? A maquina hoje esta de bom humor?

Tysha: Obrigado! Parece que sim, sente ali que já levo sua xícara especial!

Gabriel: Espere, quero olhar o menu antes.

Tysha: Claro, fique a vontade.

A amizade entre eles é antiga, remete a época em que a Tysha ainda tinha um visual bem diferente do que tem hoje. Eles estudaram juntos quando adolescentes, perderam o contato durante um bom tempo, se reencontraram nas redes sociais e desde então se encontram eventualmente para conversar e numa dessas conversas neste mesmo café Gabriel acabou convencendo Tysha a se candidatar para o seu emprego atual.

Gabriel sentado em uma poltrona no estilo daquelas de avó com uma grande estampa e detalhes cravados na madeira estava tentando se decidir se realmente iria nessa festa. Se fosse na festa, seria o cappuccino levanta defunto, se não ele escolheria uma grande taça de chocolate quente. Para decidir, ele decidiu reler a mensagem do Matheus:

"Galera, essa noite o tema da festa vai ser Freedom e os shots do drink Perua serão servidos vontade a noite toda para quem estiver de salto alto! A partir das 23h na Wild Fear"

Gabriel: O que será que ele quis dizer com esse tema? Drink Perua, do que se trata isso? Peraí, tem que estar de salto...?

Depois de ler isso, Gabriel mudou sua afeição. Manteve um sorriso leve, cruzou as pernas e ficou pensando longe. Enquanto viajava a perna ia balançando para frente a para trás. Parece que Tysha leu sua mente por que ela aparece com uma xícara do cappuccino adoçado muita nutella.

Tysha: Sua cara me diz que você gostaria de um desses, Gabriel...

Neste momento Tysha encara seu rosto e percebe que os olhos ficaram bem abertos e surge um sorriso no canto da boca, então Tysha completa:

Tysha: Gabriela?

Gabriela: Como soube?

Tysha: Eu te conheço e agora tenho certeza que fiz bem em te trazer esse café bem especial.

Gabriela: Fez sim, minha amiga, com certeza!

Ela tomou o café com pressa, aproveitando cada gole dessa bebida mágica enquanto ia pensando em como pretenderia se vestir para a noite. Uma coisa é escolher uma roupa para se usar durante o trabalho, outra coisa completamente diferente é pensar em um visual completo para sair. Gabriela conseguiu sair da cafeteria antes que a Tysha a fizesse falar mais e então pudesse pensar duas vezes no que ia fazer.

Chegando em casa ela foi direto para o chuveiro, tomou uma ducha rápida e fez a barba muito bem. Saindo do banho, vestiu sua calcinha mais forte para segurar bem o Tucking e calçou somente o par de sapatos que já havia escolhido (um de verniz preto e salto bem alto). O toc toc começou a acompanhá-la desde esse momento.

Puxou uma cadeira para a bancada mais iluminada da casa, abriu os apetrechos de maquiagem e colocou de um lado o espelho concavo para ver bem o que ia tentar fazer com os pinceis e do outro o notebook para relembrar aquele tutorial do Youtube. Como Gabriela vem praticando seus habilidades de maquiagem, conseguiu fazer bem e até que rápido!

O mais complicado estava pronto, agora "só" falta escolher a roupa, a peruca e os acessórios. Apesar de ficar pensando e repensando, ela sabia desde o princípio o que realmente queria usar pois havia um vestido guardado na sua gaveta que estava aguardado o momento. Posso descrever o resultado, mas digo que ficou algo mais ou menos assim:

Samy Oliver - Imagem meramente ilustrativa

Eram 22:30 e Gabriela finalmente estava pronta. Neste momento ela estava se checando pela enésima vez na frente do espelho.

No entanto, será que ela realmente vai conseguir botar o pé para fora do prédio?
Será que vai acontecer como sempre e ela vai sair da porta do apartamento, dar 5 passos pra fora e voltar para dentro de casa?

Não dessa vez.

Ainda no café ela agendou um táxi para as 22:50 e ele acaba de chegar!
Gabriela pegou sua bolsa, saiu do apartamento, trancou a porta, chamou o elevador, entrou nele, aguardou até ele chegar ao térreo, saiu do prédio e entrou no táxi.
0 Comentário(s)
Comentário(s)

Nenhum comentário: