sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Gabriel(a) (03) - No trabalho, e o outro lado

Primeiro capítulo
<< Capítulo anterior
>> Próximo capítulo


Na mesma sala em que o Enzo e o Matheus estavam conversando haviam mais duas pessoas. Por acaso, a moça que estava jogando sinuca com o outro rapaz era a Valeria. E digo "por acaso" por que ela namorou com o Gabriel durante 1 ano e eles estão sem se falar desde o término do namoro.

No período de namoro ambos sempre estavam visivelmente felizes, mas de um dia para o outro veio o silêncio e o afastamento de ambos os lados. Ninguém soube ao certo o que aconteceu e mesmo os amigos mais próximos não conseguiram informações. De qualquer modo, a vida seguiu e o assunto nunca mais pipocou em nenhuma fofoca de corredor.

Outro dia, a Valeria estava com a Marina num pequeno café próximo de sua casa jogando papo fora e aproveitou o momento para se falar.

Valeria: Deixa eu te contar, um dia desses eu estava jogando sinuca com o Alfredo na Sala Califórnia e não pude deixar de ouvir uma conversa sobre o Gabriel... e até citaram seu nome!

Marina: O que? Como assim?

Valeria: Haha, citaram sim, mas só por que você é conhecida mesmo! - Risos

Marina: Então você estava ouvindo fofoca sobre o Gabriel? Quando você vai finalmente se abrir para mim?

Valeria: Sei lá, desde que a tal Gabriela apareceu eu sinto que começo a entender um pouco do que aconteceu.

Marina: Como assim? Você entendeu? Mas...

Valeria: Pois é, eu estive pensando e posso dizer que o fim do relacionamento começou em um certo dia. Lembro que ele já estava deitado na cama em baixo da coberta e eu estava chegando preparada para uma noite longa, se é que você me entende, mas quando eu deitei e o abracei senti que tinha algo diferente. Passei a mão e parecia que ele estava com uma daquelas sungas de gogo boy, a princípio parecia interessante, mas quando notei que era uma calcinha fiquei louca.

Marina: ...

Valeria: Marina sem palavras?

Marina: Mais ou menos, na verdade agora eu acho que entendo o que deve estar passando na sua cabeça.

Valeria: Conseguiu ligar os pontos?

Marina: Acho que sim... Mas e aí, acabou nesse dia?

Valeria: Não no mesmo dia, mas na mesma semana. Ele não conseguiu falar muita coisa durante essa noite, praticamente só me ouviu e se manteve quieto. Na verdade foi o que aconteceu durante a semana toda, e ele só foi se afastando até o ponto de pedir para terminar.

Marina: Será que ele queria te dizer algo ao fazer aquilo?

Valeria: Pode ser. Ou será que a tal Gabriela nasceu nesse dia?

Marina: Não fique falando "tal Gabriela", ela é minha amiga e acho chato isso.

Valeria: Ok, ok, mas será?

Marina: Acho difícil, por que ele já se veste melhor que muita gente da empresa. Não acha?

Valeria: Poupe-me.

Marina: Poupe-me digo eu, sério, olha como você esta falando dela!

Veleria: Dele.

Marina: Dela.

Valeria: ...

Marina: Sem palavras? Sério, pense um pouco nele então. Quando isso aconteceu, você não acha que ele estava tentando passar uma mensagem?

Valeria: Você esta certa. Mas não sei se ele soube passar essa mensagem direito. Sério, uma calcinha?

Marina: E o que você esperava, encontrá-lo inteiro montado?

Valeria: Eu não esperava nada. Estive um ano em um relacionamento com ele, o Gabriel, só.

Marina: Você só lembra disso? E quando te falavam que ele parecia ser super paciente por te acompanhar por horas no shopping enquanto você comprava roupa? E no casamento da Ana que ele conseguiu aquela maquiadora de ultima hora para você? Na verdade, até o seu visual ficou diferente depois do relacionamento. Ele nunca foi um "cara comum".

Valeria: Vendo por esse lado... Ele era diferente dos meus outros namorados e de uma maneira muito boa...

Marina: Então respeite ele E ela. Vocês não precisam voltar a namorar, mas por que não voltam a se falar?

Valeria: Vou pensar... Vou pensar...
Amy Disko
0 Comentário(s)
Comentário(s)